Palavras

Postado por Fernanda Huppert
FêHuppert -Junh/10


E palavras não descrevem nunca as pontas das dores, que são sempre as mais sentidas e menos cicatrizadas.
E tudo parece tão frágil, no encantamento tonto de uma coisa incerta inventada em palavras.
Essa fragilidade amargura-nos o corpo num abraço de saudade, que nos envolve na sonoridade louca como água a brotar da fonte seca dos amores.
Que mais pode ser o amor para além do fruto das palavras?
As palavras adormecidas em um baú de conquistas,  fazem doer apenas num instante, porque nos outros são apenas a mágoa de não as conseguir ressuscitar aquilo a que chamamos "Amor".

Quem se esqueceu de avisar que escritor é apenas mágico das palavras e nunca da realidade?



Hoje eu sei...
O amor escreve-se com as mesmas palavras, com que se escreve a mágoa.



Fernanda Huppert

2 Response to "Palavras"

  1. Kenia Cris Says:

    Muito bom, altamente reflexivo! =) É triste que dor e amor sejam reflexos uma da outra às vezes. (E eu detesto pensar nisso perto do dia dos namorados!)

    Beijo sempre grande!

  2. Wanderley Elian Lima Says:

    Oi Fernanda
    Reflexivo. O amor não pode se perder nas palavras, é vai além disso, está no âmago dos sentimentos.
    Bjs