Saudades do Amigo Pai

Postado por Fernanda Huppert
Fernanda e Julio D. Huppert - 26/10/84

Lembro da minha infância com sorrisos nos lábios.Eu, filha única , a primeira neta, única mulher entre os netos e sobrinhos, sentia-me a “princesa” da família.Era algo sem explicação.Meu pai, sempre acordava-me com beijos e “cosquinhas" em minhas orelhas. Ele era a primeira visão que tinha ao acordar, e seu sorriso largo, olhos amendoados, eram para mim a mais bela paisagem vista por uma criança na minha idade.

Hoje , fazem exatamente 12 anos que ele se foi.Meu coração chora todos os dias, porque sua presença foi tão marcante em minha vida, não pelo pai, mas pelo amigo.Os livros que leu e ensinou-me a ler, as muitas idas aos parques , sua paciência , seus abraços, sua presença constante em minha vida.
Todos dias ao acordar,antes de abrir os olhos, vejo aqueles olhos amendoados e o sorriso dele presente , e é assim que quero acordar por todos os meus dias...



Fernanda Huppert
05/06/2010

4 Response to "Saudades do Amigo Pai"

  1. Wanderley Elian Lima Says:

    Olá menina
    Eu sei bem o que sentes. Todos os dias em minha casa, falamos algo sobre o nosso pai que também se foi. Não é algo pesado, triste, lembramos sobretudo de seu modo de ser, que tenho certeza sempre nos lembraremos com carinho.
    Bjs

  2. jefhcardoso Says:

    Fernanda, que lindos vocês. Que lindo a sua memória, os carinhos que guardou, os olhos amendoados, a saudade.

    Senti por você ao ler as suas palavras. Queria que na vida não houvesse despedidas.

    Abraço do Jefhcardoso do http://jefhcardoso.blogspot.com

  3. Valéria Sorohan Says:

    A perda é irreparável, nem o tempo consegue preencher o vazio que fica.

    BeijooO'

  4. Kenia Cris Says:

    Ele viverá para sempre em seu coração, e a lembrança dos dias ao lado dele nunca te abandonarão. É bom demais que na vida a gente tenha pais que nos ensinarão a ser pais e mães um dia.

    Beijo carinhoso, Fernanda. =*